Computação em nuvem Desenvolvimento

Azure – Tipos de serviço

O post irá os três tipos de serviços de computação na nuvem presente no Azure.

Azure – Tipos de serviço

IaaS (infraestrutura como serviço)

A infraestrutura como serviço é a categoria mais flexível dos serviços de nuvem. Ela tem o objetivo de fornecer a você o máximo de controle sobre o hardware fornecido que executa seu aplicativo, como os servidores de infraestrutura de TI e as VMs (máquinas virtuais), o armazenamento e os sistemas operacionais. Com a IaaS, você aluga o hardware em vez de comprá-lo. Trata-se de uma infraestrutura de computação instantânea, provisionada e gerenciada pela Internet.

PaaS (plataforma como serviço)

O PaaS fornece um ambiente para criação, teste e implantação de aplicativos de software. A meta da PaaS é ajudar você a criar um aplicativo rapidamente sem a necessidade de gerenciar a infraestrutura subjacente. Por exemplo, ao implantar um aplicativo Web usando o PaaS, você não precisa instalar um sistema operacional, um servidor Web e nem mesmo as atualizações do sistema.

O PaaS é um ambiente de desenvolvimento e implantação completo na nuvem, com recursos que permitem que as organizações forneçam tudo, desde aplicativos simples baseados em nuvem até aplicativos empresariais sofisticados habilitados para a nuvem. Os recursos são comprados de um provedor de serviços de nuvem no modelo pago conforme o uso e acessados por uma conexão segura com a Internet.

SaaS (software como serviço)

SaaS é um software que é hospedado e gerenciado centralmente para o cliente final. Geralmente, ele se baseia em uma arquitetura em que uma versão do aplicativo é usada para todos os clientes e licenciada por meio de uma assinatura mensal ou anual. Office 365, Skype e Dynamics CRM Online são exemplos perfeitos de software SaaS.

Responsabilidades de gerenciamento

Uma coisa que deve ser compreendida é que essas categorias são camadas sobrepostas. Por exemplo, o PaaS adiciona uma camada sobre a IaaS, fornecendo um nível de abstração. A abstração tem a vantagem de ocultar os detalhes com os quais você talvez não se preocupe, para que possa começar a codificar mais rapidamente. No entanto, um aspecto da abstração é que se tem menos controle sobre o hardware subjacente. A ilustração a seguir mostra uma lista de recursos que você gerencia e que seu provedor de serviços gerencia em cada categoria de serviço de nuvem.

Ilustração mostrando o nível de abstração em cada categoria de serviço de nuvem.
  • A IaaS requer o máximo de gerenciamento do usuário entre todos os serviços de nuvem. O usuário é responsável por gerenciar os sistemas operacionais, os dados e os aplicativos.
  • O PaaS requer menos gerenciamento do usuário. O provedor de nuvem gerencia os sistemas operacionais e o usuário é responsável pelos aplicativos e dados que executa e armazena.
  • O SaaS requer o mínimo de gerenciamento. O provedor de nuvem é responsável por gerenciar tudo, e o usuário final apenas usa o software.

Fonte: https://docs.microsoft.com/pt-br/learn/modules/principles-cloud-computing/5-types-of-cloud-services