Aceito convites para um café! :

Como utilizar o GitHub para controle de versão no Visual Studio

O post Como utilizar o GitHub para controle de versão no Visual Studio explica como utilizar o GitHut no Visual Studio para controlar as mudanças que estão ocorrendo durante o desenvolvimento de uma solução/projeto.

O que é controle de versão?

O controle de versão é um sistema que registra as mudanças feitas em um arquivo ou um conjunto de arquivos ao longo do tempo de forma que você possa recuperar versões específicas. Ele permite reverter arquivos para um estado anterior, reverter um projeto inteiro para um estado anterior, comparar mudanças feitas ao decorrer do tempo, ver quem foi o último a modificar algo que pode estar causando problemas, quem introduziu um bug e quando, e muito mais. Usar um VCS normalmente significa que se você estragou algo ou perdeu arquivos, poderá facilmente reavê-los. Além disso, você pode controlar tudo sem maiores esforços.

Vocabulário do Controle de Versão

Esta área apresenta e explica alguns dos termos utilizados na hora de utilizar o GitHub juntamente com o Visual Studio.

commit

Realizar uma mudança no projeto; mais formalmente, armazenar uma mudança no banco de dados de controle de versão de uma forma que ela possa ser incorporada em versões futuras do projeto.

update

Solicitar que as mudanças dos demais (commits) sejam incorporadas em sua cópia local do projeto; ou seja, deixar a sua cópia “atualizada”.

branch (ou ramo)

Uma cópia do projeto sob o controle de versão, porém isolada de uma maneira que as mudanças realizadas no branch não afetem o resto do projeto e vice-versa, exceto quando as mudanças são deliberadamente mescladas (“merge”) de um lado para o outro (veja abaixo). Branches (ou ramos) também são conhecidas como “linhas de desenvolvimento”. Mesmo quando um projeto não possui branches explícitas, o desenvolvimento ainda é considerado como sendo executado no “branch principal”, também conhecido como “linha principal” ou “trunk“.

Branches oferecem uma maneira isolada de diferentes linhas de desenvolvimento entre eles. Por exemplo, um branch pode ser usado para um desenvolvimento experimental que poderia desestabilizar muito a linha principal (ou trunk). Assim como uma branch pode ser usada como um local para estabilizar uma nova release. Durante o processo de release, o desenvolvimento regular continua sem interrupções no branch principal do repositório; enquanto isso, na branch da release, nenhuma mudança é permitida com exceção daquelas que são aprovadas pelos gerentes de releases. Desta forma, disponibilizar uma release não precisa interferir no andamento dos trabalhos de desenvolvimento.

 

 

Como utilizar o GitHub para controle de versão no Visual Studio.

Como utilizar o GitHub para controle de versão no Visual Studio – parte 1

Como utilizar o GitHub para controle de versão no Visual Studio – parte 2

Como utilizar o GitHub para controle de versão no Visual Studio – parte 3

Como utilizar o GitHub para controle de versão no Visual Studio – parte 4

Como utilizar o GitHub para controle de versão no Visual Studio – parte 5

Acesse nosso canal no YouTube para visualizar outros vídeos sobre programação, como por exemplo Python, Java e Desenvolvimento de sistemas comerciais utilizando a linguagem C#.

Participe do nosso grupo de estudos no Facebook acessando o link https://www.facebook.com/groups/dfilitto/.

0 respostas em "Como utilizar o GitHub para controle de versão no Visual Studio"

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site desenvolvido por © Danilo Filitto. Todos os direitos reservados.